Open/Close Menu Joseph El-mann
PUBERDADE

Puberdade: Não é fácil para os pais aceitar que o seu “bebê” cresceu (ou está crescendo!). Alguns ainda não se sentem preparados para adolescência, ainda mais quando ela chega um pouco mais rápido do que o esperado. Como está à adaptação para essa nova fase?

“Um turbilhão de emoções”;

“Fase insuportável”;

“Para o mundo que eu quero descer”;

“Quanto tempo demora a passar”;

Alguém se identificou com alguma dessas frases? Elas são comuns no dia a dia do consultório porque estão diretamente ligadas com os sentimentos confusos e transformações físicas e biológicas das crianças, indicando uma maturidade sexual.

Geralmente, a puberdade acontece entre 10 e 12 anos nos meninos e entre 11 e 14 anos nas meninas. Mas, talvez devido às mudanças da vida moderna, a puberdade tem chegado precocemente e tem assustado ainda mais os pais. Por isso nós queremos tranquilizá-los escrevendo sobre alguns sinais que podem ajudá-los a compreender que o seu filho passou de fase mais cedo.

Nas meninas:

  • Início do período menstrual  Um dos grandes marcos da puberdade para as meninas é a chegada da primeira menstruação. A ovulação pode não coincidir com as primeiras menstruações. Nos primeiros anos, a menstruação é bastante irregular.
  • Crescimento das mamas  Outra grande mudança é o crescimento dos seios que, geralmente, coincidem com a menarca. Eles se desenvolvem aos poucos e podem ficar um pouco doloridos durante esse período.
  • Mudanças na estrutura do corpo  O osso da bacia, conhecido como pélvis, se alarga, e isso faz o quadril fica maior. Nascem as curvas e a cintura fica mais fina. Normalmente, nessa fase, há um ganho de peso rápido, por causa dos hormônios – não sendo regra!
  • Crescimento de pelos  A região do púbis, osso do quadril que fica sobre os órgãos genitais, ganha pelos curtos e ralos, que vão engrossando com o tempo. As axilas também passam a apresentar essas penugens.
  • Depósito de gordura no corpo  É normal que as meninas sintam que os quadris, bumbum e pernas estão mais “cheinhos”. Isso também faz parte da puberdade.
  • Aumento do suor  Nessa fase ocorre um aumento na produção de glândulas sudoríparas, o que costuma resultar em mais transpiração.
  • Crescimento rápido e curto  Pouco antes da puberdade acontece o que muitos chamam de “estirão”, um pico de crescimento que faz parte desse período e vem, geralmente, acompanhado de aumento de peso.
  • Secreção vaginal  Pouco antes da primeira menstruação, a menina pode sentir uma umidade anormal na região genital. Esse fluido é apenas secreção vaginal e serve para manter o tecido que recobre a vagina úmido e limpo.
  • Pele mais gordurosa  Um dos grandes vilões da puberdade, o aumento na produção de óleo pelos poros da pele é responsável pela indesejada acne, mas também é parte dessa fase.
  • Sensibilidade sexual  As mudanças biológicas e fisiológicas afetam também o emocional das meninas que, juntamente com a explosão hormonal que ocorre nessa fase, possibilitam uma maior sensibilidade e descoberta da própria sexualidade.

Nos meninos

  • Aumento dos órgãos genitais  O corpo se prepara para adquirir as proporções adultas. Nessa fase, o pênis cresce em comprimento e diâmetro e a glande se desenvolve.
  • Mudanças na voz  O crescimento da laringe é o grande responsável pelas temidas oscilações de voz. Isso é o corpo se preparando para deixar a voz dos meninos mais grave.
  • Crescimento dos pelos  Após as primeiras mudanças nos órgãos genitais, começam a aparecer os pelos pubianos, e também nas axilas e por todo o corpo, inclusive, no rosto, formando a barba.
  • Ombros mais largos  Na puberdade, o tórax dos meninos alarga-se, aumentando assim o tamanho dos ombros.
  • Aumento da estatura  O crescimento dos meninos pode acontecer bem mais tarde que o das meninas, mas é mais intenso. Começa pelas extremidades, e segue em direção ao tronco. Em dois anos, o ganho em termos de altura pode chegar a 24 centímetros.
  • Pele mais gordurosa  Assim como nas meninas, a pele dos meninos também se torna mais oleosa por causa do aumento da produção de óleo pelos poros. Com isso, geralmente, surge à acne.
  • Aumento da massa muscular  O corpo masculino fica mais forte com a puberdade. Ganha massa muscular, principalmente nas pernas, braços e tórax.
  • Início da produção de espermatozoides  Os meninos passam pela primeira ejaculação, geralmente, por volta dos 13 anos, quando as outras mudanças biológicas e fisiológicas já estão em pleno desenvolvimento. Costuma acontecer no período noturno e dá início a produção de espermatozoides.
  • Aumento de peso  Para acompanhar o estirão de crescimento da puberdade, os meninos também ganham peso nessa fase.
  • Sensibilidade sexual  Tantas mudanças corporais e hormonais mexem bastante com os meninos, assim como as meninas. Nessa fase há uma verdadeira descoberta da sexualidade e uma sensibilidade maior a tudo relacionado a ela.

Efeitos da puberdade

Os sinais mais comuns são esses, mas os pais também precisam ficar atentos as mudanças no comportamento e também no humor dos adolescentes. No caso dos adolescentes precoces, deve-se ter uma atenção maior, pois sentimentos de medo, insegurança, isolamento ou mesmo agitação podem acompanhar a fase.

É normal e esperado que os pais sintam-se inseguros. Não existe preparação especial para cada nova fase da criança. Temos dicas, experiências de conhecidos e familiares, livros que dão algum suporte, mas cada fase e cada criança é única.

Uma conversa com o pediatra pode ser interessante e dar certo alívio, ainda mais quando a puberdade chegar mais cedo. Uma orientação direcionada e assertiva tende a facilitar o processo e tornar uma fase marcada por dificuldades em aprendizado e uma união ainda maior entre pais e filho.

Chefiada pela doutor Joseph El-mann, graduado em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (UFF), a clínica especializada em pediatria e neonatologia, Joseph El-mann, oferece diversos serviços ligados à pediatria e neonatologia. Entre em contato e agende sua consulta.

2020 © Copyright - Joseph El-Mann. Todos Direitos Reservados.

Agende sua consulta
Agende sua consulta
Agende sua consulta