Open/Close Menu Joseph El-mann
H1N1 - Influenza A - Dr Joseph El-Mann

A Influenza A ou H1N1 é transmitida por um tipo de vírus da mesma família que transmite a gripe. A partir de agora você vai ouvir na televisão, rádio e ler nos jornais o nome Influenza A/H1N1 e não mais gripe suína. A Gripe Suína era uma doença limitada aos porcos, mas que agora acomete os seres humanos.

Como é transmitida a Influenza A/H1N1?

É transmitida de pessoa para pessoa especialmente através de tosse ou espirro. Algumas pessoas podem se infectar entrando em contato com objetos contaminados. Não há registro de transmissão do novo subtipo da Influenza A/H1N1 por meio da ingestão de carne de porco ou produtos derivados.

Influenza A - Dr Joseph El-Mann

Quais são os sintomas da Influenza A/H1N1?

São sintomas semelhantes aos da gripe comum (Influenza): febre alta e tosse, mas em alguns casos também podem aparecer: dor de cabeça e no corpo, garganta inflamada, falta de ar, cansaço, diarreia e vômitos.

H1N1 - Influenza A - Prevenção - Dr Joseph El-Mann

A Influenza A/H1N1 pode apresentar complicações?

Como qualquer gripe pode sim, e as complicações podem ser decorrentes do próprio vírus.

Quais são os sinais de agravamento?

Aparecimento de falta de ar, desconforto para respirar, dores no peito, tontura, confusão mental, fraqueza, desidratação. Crianças pequenas (lactentes) ao apresentar dificuldade para respirar podem ter batimento de asa do nariz (dificuldade respiratória) e não conseguir ingerir líquidos.

H1N1 - Influenza A - Sintomas - Dr Joseph El-Mann

Como é transmitida a Influenza A/H1N1?

A transmissão do vírus da Gripe Suína dá-se da mesma forma pela qual se transmite a Gripe ou Influenza, ou seja, os vírus se disseminam de pessoa para pessoa através de tosse ou espirros de pessoas infectadas. Pode ocorrer o contágio também das pessoas através de objetos contaminados, tocando-o e depois levando a mão já contaminada a boca, nariz ou olhos. Por isso a lavagem das mãos é importante no controle da doença.

A pessoa infectada pode infectar outras desde um dia antes do aparecimento dos sintomas até aproximadamente sete dias após adoecer. Observe que a pessoa infectada pode transmitir a doença antes de adoecer, o que torna mais difícil o controle da doença.

H1N1 - Influenza A - Prevenção - Dr Joseph El-Mann

Qual é o tempo de incubação?

O Período de incubação ou período que compreende desde a infecção até o aparecimento dos sintomas é de 3 a 7 dias. O contágio de outras pessoas pode ocorrer 1 dia antes do aparecimento dos sintomas e até 7 dias após o início da doença.

Como se previne a doença?

A melhor forma de prevenir a gripe é tomando alguns cuidados de higiene, como:

  • Lave com frequência as mãos com água e sabão e utilize álcool gel com frequência
  • Evite colocar as mãos nos olhos, boca e nariz após contato com superfícies que possam estar contaminadas.
  • Evite contato com pessoas doentes.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal
  • Cubra a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar
  • Evite locais fechados e com muitas pessoas presentes
  • Se você contrair a influenza, o CDC recomenda que fique em casa e evite ir ao trabalho ou à escola. Evite contato com outras pessoas, para não as infectar.
  • A VACINA é o melhor meio de prevenção da doença

H1N1 - Influenza A - Prevenção - Dr Joseph El-Mann

Tem tratamento para Influenza A/H1N1?

Sim! O tratamento indicado pela OMS, WHO e pelo CDC é o Oseltamivir ou Zanamivir (ambos são antivirais), medicamentos que existem em forma de comprimidos ou líquido e tem como principal função impedir que o vírus se multiplique no interior do corpo.

Qual o critério para receber o medicamento?

O medicamento somente será dado, sob orientação médica, aos pacientes com agravamento do estado de saúde nas primeiras 48 horas desde o início dos sintomas. Também requerem avaliação do médico para indicação de tratamento o chamado grupo de risco, composto por idosos, menores de 2 anos, gestantes, pacientes imunodeprimidos ou com doenças crônicasH1N1 - Influenza A - Prevenção - Dr Joseph El-Mann

Perguntas frequentes

  • Para quem já tomou a vacina H1N1 e deseja tomar a da gripe comum, pode tomar a trivalente?
    Sim, não há contraindicação.
  • Existe alguma contraindicação para quem está tomando outro medicamento?
    Os pacientes que tomam medicação que altere a imunidade (como corticoides ou imunossupressores) podem não ter uma boa resposta com a vacina, mas não estão contraindicados para recebê-la.
  • Crianças devem tomar a vacina em uma ou duas doses?
    Todas as crianças abaixo de nove anos de idade, que estejam tomando a vacina para Influenza A H1N1 pela primeira vez, devem receber duas doses com um mês de intervalo.
  • Se não encontrar a segunda dose em tempo hábil perco a primeira dose?
    A aplicação da segunda dose da vacina, mesmo com um intervalo superior a um mês, deve ser realizada a fim de tornar efetiva a imunização contra a gripe.
  • A vacina pode ser aplicada independentemente da idade?
    A vacina pode ser aplicada em crianças acima de 6 meses de idade.
  • Se a pessoa estiver gripada, ela poderá tomar a vacina?
    Se a pessoa estiver bem, pode tomar a vacina.
  • Quem não pode tomar a vacina contra a Gripe A (H1N1)?
    Pessoas com doença e com estado geral comprometido, pessoas com doença neurológica em atividade, ou aquelas com antecedentes de alergia grave a componentes do ovo, ao timerosal (Merthiolate®) e à neomicina. Nos casos de doença febril aguda, passada esta fase, a vacina poderá ser administrada normalmente.
  • Quem está grávida pode tomar a vacina contra a Gripe A (H1N1)?
    Conforme orientação do Ministério da Saúde, publicada em nota técnica de Nº 05/2010, que descreve a estratégia de vacinação contra o vírus Influenza A (H1N1), as gestantes, por constituírem um grupo de alto risco para complicações graves, devem ser vacinadas, independente da sua idade gestacional. Recomenda-se aconselhamento prévio com o seu obstetra.
  • E quem amamenta pode tomar a vacina contra a Gripe A (H1N1)?
    Quem amamenta pode tomar a vacina. Não existem contraindicações formais para a administração da vacina em mulheres que se encontrem amamentando.
  • Existe alguma precaução para se tomar a vacina?
    A principal contraindicação é alergia grave a ovo.
  • Existe algum efeito colateral?
    Os efeitos colaterais mais comuns são: dor local, febre baixa e mal-estar nas primeiras 48 horas após a aplicação.
  • Existe a vacina da gripe comum separada da H1N1 conjugada?
    A vacina das clínicas particulares e dos Postos de Saúde é trivalente, ou seja, tem a da influenza H1N1 associada a duas para influenza sazonais (H3N2 e B). A partir de 2015 a rede privada passou a disponibilizar a vacina quadrivalente utilizando 4 cepas da gripe H1N1, H3N2, Yamagata e Victoria.
  • Qualquer pessoa pode tomar a vacina H1N1?
    Sim, desde que tenha mais de seis meses de idade e não haja contraindicação.
  • O vírus da vacina está morto? Ela pode provocar a Gripe A (H1N1)?
    A vacina é produzida por vírus inativados (vírus mortos e fracionados). Não existe, portanto, o risco de se adquirir gripe por meio da vacina.
  • A vacina contra a Gripe A (H1N1) tem efeito imediato?
    ​A proteção começa a existir aproximadamente após duas semanas (15 dias) da administração, prolongando-se por cerca de um ano.
  • Por quanto tempo a pessoa que tomar a vacina estará imune?
    Em média, por um ano.
Caso tenha alguma dúvida, ligue para o consultório. A Prevenção continua sendo a melhor alternativa para evitar a Influenza A/H1N1.

Chefiada pela doutor Joseph El-mann, graduado em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (UFF), a clínica especializada em pediatria e neonatologia, Joseph El-mann, oferece diversos serviços ligados à pediatria e neonatologia. Entre em contato e agende sua consulta.

2020 © Copyright - Joseph El-Mann. Todos Direitos Reservados.

Agende sua consulta
Agende sua consulta
Agende sua consulta