Open/Close Menu Joseph El-mann
escola

Janeiro bateu na porta e muitos pais ainda enfrentam o desafio de escolher uma escola certa para o filho. Com tantas escolas oferecendo diferentes ambientes, estilos de ensino e filosofias, a experiência pode parecer enlouquecedora.

A ajuda certa e uma pesquisa cuidadosa são fatores que contribuem para que os pais consigam encontrar a escola certa que se encaixam perfeitamente nas necessidades acadêmicas, sociais e emocionais de seus filhos.

Entenda seu filho

O primeiro passo para escolher a escola certa é determinar que tipo de aluno é seu filho e em que ambiente ele provavelmente será bem-sucedido. Antes de pensar sobre as características de qualquer escola, comece examinando as necessidades, os pontos fortes e a personalidade do seu filho.

Nem sempre é fácil para os pais reconhecerem que o seu filho não está indo bem em sua escola atual. Para entender melhor seu filho e suas necessidades de aprendizado, talvez seja interessante procurar ajuda de um psicólogo educacional, mas caso você não tenha certeza se é disso que o seu filho precisa, peça ajuda ao pediatra. Ele poderá responder questões que podem identificar uma dificuldade de aprendizado de acordo com os marcos do crescimento, por exemplo.

É difícil para os pais aceitarem que o filho precisa recomeçar em uma nova escola, pois eles mesmos criam a expectativa de que o filho permanecerá na mesma escolha por todos os anos. Só porque os pais foram para uma determinada escola ou tipo de escola não significa que essa será a certa para seus filhos. Sempre considere as necessidades específicas da criança.

Faça uma lista

Agora que você já identificou e entendeu melhor a questão do seu filho, o próximo passo é avaliar as necessidades da criança e as necessidades da sua família.
Fazer uma lista respondendo questões importantes para a família pode ajudar os pais a manterem o foco durante todo o processo e evita que algo passe despercebido.
Perguntas como: O que é importante para nossa família? Queremos turmas de até quantos alunos?

Outros fatores que os pais tendem a considerar incluem os interesses e talentos da criança e quais atividades extracurriculares estão disponíveis para abordá-los; os valores – religiosos ou não – da escola e como eles se encaixam nos valores da família; e as ferramentas educacionais (por exemplo, tecnologia) que são usadas na sala de aula.

Pensar no que está funcionando na escola atual de seu filho e no que não está funcionando é um caminho. Os pais também devem considerar as suas próprias necessidades durante o processo de escolha da escola. Isso pode incluir até onde você está disposto a dirigir para levar seu filho à escola todos os dias, a logística, os horários, etc.

Comece a avaliar escolas

Agora é hora de olhar para escolas específicas para ver o que elas têm a oferecer. Muitos pais começam visitando feiras escolares, guias escolares e sites, que fornecem uma visão geral do que está disponível e acessível a eles.

Outra forma de pesquisa geralmente incluí falar com outros pais, mas é importante ressaltar que o que outros pais dizem sobre uma escola não deve necessariamente ser um dos seus fatores decisivos. Só porque uma criança teve uma experiência positiva ou negativa não significa que seu filho – um ser humano totalmente diferente – terá a mesma experiência.

Visite as escolas em potencial

Uma vez que você tenha uma pequena lista de escolas, você está pronto para começar a turnê. O setor de matrículas é o ponto inicial de contato neste estágio. A maioria das escolas oferece passeios de algum tipo para ajudar a familiarizar melhor as famílias com seus programas e ambiente.

A visita da escola é uma chance de estabelecer quais são os desejos e expectativas dos pais e alunos da escola, e quais são as expectativas da escola dos alunos.

Observar atentamente os alunos, professores e pais na escola durante a sua visita é uma dica. Quando você estiver dentro da escola, olhe para as salas de aula para ver se as crianças parecem engajadas. Elas estão conversando umas com as outras, ou o professor está sentado atrás da mesa enquanto as crianças trabalham? Como é o estacionamento? Como são os outros pais? Eles parecem abertos e acolhedores? Este é um ambiente do qual você gostaria de fazer parte?

Outras perguntas a serem feitas durante esse período, incluem que tipo de comunicação entre pais e professores existe na escola, que qualificações os professores têm (especialmente se seu filho tem necessidades especiais), quão financeiramente estável é a escola e se a administração mudou de mãos várias vezes ou se houve liderança consistente na escola.

Esta é sua chance de fazer perguntas, então não sejam tímidos. Afinal de contas, seu filho vai passar cinco dias por semana na escola, então você quer ter certeza de que entende a filosofia e as políticas antes de fazer uma escolha.

Certifique-se de que seu filho passe algum tempo em cada escola em que você está pensando antes de tomar uma decisão final. Essa é a melhor forma de escolher a escola certa.

A decisão final, em última análise, se resume tanto aos pais quanto à criança. Os pais precisam ouvir seus filhos e confiar em seus próprios instintos. Você pode imaginar o seu filho indo bem nesta escola? Se a resposta for sim, vão em frente, essa pode ser a escola certa.

Chefiada pela doutor Joseph El-mann, graduado em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (UFF), a clínica especializada em pediatria e neonatologia, Joseph El-mann, oferece diversos serviços ligados à pediatria e neonatologia. Entre em contato e agende sua consulta.

2020 © Copyright - Joseph El-Mann. Todos Direitos Reservados.

Agende sua consulta
Agende sua consulta
Agende sua consulta