Open/Close Menu Joseph El-mann
ganho de peso na gravidez

O ganho de peso na gravidez gera diversos tipos de preocupações e dúvidas. A principal preocupação talvez seja sobre os eventuais problemas que um ganho excessivo de peso pode causar.
É extremamente importante se preocupar com a própria saúde e a do bebê durante a gravidez. Ter uma ótima alimentação é fundamental para alcançar isso e tornar o ganho de peso na gravidez mais saudável.

Gravidez saudável com boa alimentação

Deve haver um equilíbrio na dieta da mãe para que o seu peso aumente de forma saudável, suprindo todas as necessidades dela e do feto. A falta de nutrientes pode fazer com que o bebê nasça prematuro ou, mesmo atermo, nasça muito pequeno, aumentando os riscos de problemas relacionados ao crescimento e desenvolvimento. Já as mães que não seguem uma dieta e acabam engordando muito, essas poderão ter bebês muito grandes, o que pode dificultar na hora do parto, além de aumentar potencialmente as chances de desenvolver na criança diabetes, pressão alta e obesidade.

O ganho de peso na gravidez deve ser acompanhado por um profissional. Deve-se fazer um planejamento nutricional correto e de acordo com a rotina da mãe. A dieta deve ser feita levando em consideração todos os fatores que possam gerar dificuldade dessa mãe seguir a orientação, além de estabelecer metas para que o ganho de peso na gravidez seja o ideal para ela e para o bebê.

Ganho de peso na gravidez - Tabela

 

Ganho de peso na gravidez - Tabela mensal

Ganho de peso na gravidez – Tabela mensal – Créditos: Ariane Baldassin

O ganho de peso na gravidez e os estados nutricionais pré-gestacional e gestacional influenciam diretamente nas condições perinatais do bebê. Estratégias nutricionais devem ser usadas para controlar o ganho de peso na gravidez e alguns alimentos precisam ser eliminados do plano alimentar, visando não somente o ganho de peso na gravidez, como também uma boa saúde para mãe e filho.

Gravidez saudável - Peso da gestante

A alimentação durante a gravidez pode trazer consequências para a saúde da criança ao longo da vida. A mãe que tem uma alimentação saudável também terá um leite materno saudável. A importância desse assunto é tão grande que a Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS) lançou em 2015 a campanha Seu filho é o que você come. Com imagens chocantes, que chamaram também a atenção do Jornal Inglês Daily Mail, a intenção era de conscientizar as mães sobre a maneira como a alimentação delas na gravidez e, principalmente, no período de lactação impacta a saúde e o paladar de seus filhos.
Confira aqui as imagens da campanha.

 

Alimentos que devem ser eliminados da dieta da mãe para controle do ganho de peso na gravidez

Adoçantes: Há controvérsias sobre o uso de adoçantes durante a gravidez. Converse com o seu médico a respeito da quantidade segura para você. Se puder, opte por ingerir água e água de coco, pois não oferecem risco e ainda trazem benefícios nutricionais para a sua da mãe e do bebê.

Chás: Alguns chás devem ser evitados durante a gravidez, como: Erva de bicho, Bucinha, Confrei, Rosa, Sene, Chá verde, Chá preto, Chá mate e todas as ervas com muita cafeína ou que estimulem o metabolismo. As gestantes podem fazer uso de chás com Camomila, Erva-doce, Hortelã, por exemplo.

Canela: A canela pode provocar contrações musculares no útero e constrição sanguínea, podendo provocar aborto. Estudos feitos na Universidade de Edimburgo mostram que o excesso de consumo da canela durante a gravidez pode interferir no desenvolvimento cerebral do feto, gerando problemas comportamentais nas crianças. Melhor evitar!

Alimentos ricos em açúcar: O consumo exagerado de açúcar pode aumentar o risco de a mãe desenvolver diabetes gestacional, além do ganho de peso na gravidez tornar-se muito alto e prejudicial para mãe e bebê.

Bebidas alcoólicas: O álcool atravessa a placenta e pode causar malformação fetal.

Alimentos de procedência duvidosa: Ovos, peixes, carnes e queijos devem ser muito bem escolhidos, com certificação da procedência devido a riscos de contaminação que podem causar problemas na gestante e no bebê.

Troque os carboidratos refinados pela versão integral: Essa troca deixará a dieta muito mais nutritiva.

 

Alimentos bons para a saúde da mãe e do bebê

Uma dieta equilibrada é fundamental para uma gestação mais tranquila

Carnes, verduras, folhas verde-escuras (espinafre, brócolis, couve), leguminosas (ervilhas, feijão e lentilha), laranja e gema de ovo são as principais fontes de ácido fólico, vitamina importantíssima que tem sua necessidade aumentada em função do desenvolvimento fetal;

Os vegetais verdes escuros são fontes de ferro, ótimo aliado na prevenção da anemia, que é frequente na gestação. Couve, feijão, fígado são boas opções.

As frutas cítricas possuem altas concentrações de ácido cítrico, vitamina C e flavonoides. São importantes fontes de antioxidantes e ajudam a fortalecer o sistema imunológico contra infecções, gripes e resfriados, além de aumentar a absorção do ferro presente nos vegetais verdes escuros, feijões e carnes;

Fontes de gorduras boas como linhaça, abacate, oleaginosas e atum são fundamentais para o desenvolvimento saudável do bebê. Ele favorece o desenvolvimento do sistema nervoso central e da parte cognitiva.

Os ovos são boas fontes de proteína, importantes no processo de desenvolvimento.

O cálcio é importantíssimo para a formação óssea. E ele não está presente apenas no leite. Verduras verde-escuras, gergelim, algas, amêndoas, feijão, leguminosas, mariscos, tofu, ovos, sardinhas e nozes são ricos no mineral.

Você pode baixar o PDF  da BabyCenter com essas informações através deste link.

 

ganho de peso na gravidez - tabela - nutrição

 

Dicas:
1) Certifique-se sempre sobre a origem do alimento. Faça boas escolhas.
2) Dê preferência aos orgânicos.
3) Evite o consumo de industrializados.
4) Beba bastante água.
5) Tenha uma alimentação mais natural e saudável antes, durante e após a gravidez.
6) Faça atividade física. Desde que não haja nenhuma contraindicação médica, a prática de exercícios físicos é muito importante. Atividades como dança, natação, ioga podem auxiliar também na hora do parto. Consulte um profissional para te orientar.

 

Atividade física na gravidez

 

Exercício físico - Gestantes

 

O ganho de peso na gravidez deve ser monitorado durante as consultas pré-natais para certificar que a saúde da mãe e do bebê esteja de acordo com o esperado. Todas as dúvidas devem ser esclarecidas, afinal, é um momento ímpar na vida e que deve ser passado de forma tranquila, até mesmo aproveitando e se permitindo realizar os ‘desejos de grávida’.

A clínica Joseph El-mann é especialista em pediatria e neonatologia e oferece diversos serviços para o melhor atendimento. A clínica pediátrica está localizada na Av. das Américas, 3555, Rio de Janeiro.

2020 © Copyright - Joseph El-Mann. Todos Direitos Reservados.

Agende sua consulta
Agende sua consulta
Agende sua consulta