Open/Close Menu Joseph El-mann
autoestima da criança

Ajudar a construir a autoestima da criança é fundamental. As crianças, e podemos incluir os adolescentes neste artigo, passam por diversas fases que precisam ser superadas e entendidas de forma correta a fim de evitar que formemos adultos frustrados ou insatisfeitos.

Alguns comportamentos dos pais podem ajudar a construir a autoestima do filho. Em contrapartida, a falta de envolvimento e dificuldade dos pais de entenderem as necessidades imediatas, ou mesmo se eximir de responsabilidades afetam diretamente na construção da personalidade e autoestima da criança.

A autoestima é a forma como nos definimos, uma autopercepção que influencia as nossas atitudes e comportamentos. Ela é construída desde cedo, mas é maleável e pode mudar de acordo com nossas experiências. No início, os pais e os professores são modelos, exemplos e precursores na promoção da autoestima da criança. Toda a criança precisa e busca uma aceitação, afeto e reconhecimento daqueles que ela tem afinidade. Quando um destes elementos falta, ela tende a sofrer, a se colocar como culpada e isso afeta diretamente na construção da sua autoestima da criança e no seu equilíbrio emocional.

Crianças e adolescentes com autoestima elevada tornam-se capazes de enfrentar desafios e resistem melhor a frustrações

Alguns exemplos simples que podem ajudar a construir a autoestima do seu filho:
Elogios realistas: Seja honesto em seus elogios. A criança percebe quando o elogio não é realista.

Aceite a criança: A individualidade de cada um deve ser respeitada. Mesmo que ela haja de uma forma errada, os pais precisam distinguir entre aquilo que ela é e a forma como agiu. Valorize-a e dê a opção para que ela perceba que existe outra forma de agir. Explique as conseqüências das suas escolhas.

Faça a criança se sentir especial: Não somente enquanto alguma tarefa é realizada. A criança se sente especial quando percebe que os pais estão ao lado dela mesmo durante o processo, nos erros e acertos, incentivando e lidando com as frustrações.
Dica: Dedicar um tempo somente para o seu filho faz ele se sentir muito especial, pois percebe que aquele momento é só dele. Celulares, computadores e outras distrações devem ser deixadas de lado neste momento.

Promova a resolução de problemas: A autoestima elevada une-se a habilidade de resolver problemas. Motive a criança e simule algumas possíveis situações para ajudar a demonstrar as etapas envolvidas. Questione-a quanto as soluções com perguntas: Por que fazer isso? Como acha que pode fazer isso? O que pretende?
É importante que a criança perceba que os pais confiam nela.

Evite comentários críticos: Um bom exemplo de frase para fazer a criança entender sem parecer algo acusatório e nem a deixar na defensiva é: “Temos que descobrir melhores formas”. Nunca diga que a criança não se esforçou ou que não deu o seu máximo. Não a compare. Cada criança é única. A comparação pode gerar ciúme e rivalidade com alguém que poderia influenciá-la de maneira positiva. Frases como “Que feio você ter feito isso”, “Você devia ser igual ao seu irmão”, “Nota baixa de novo? Você é burro! ”, e tantas outras frases não devem fazer parte do dia a dia.

A autoestima da criança e adolescente - Dr Joseph El-Mann

A autoestima da criança e adolescente – Dr Joseph El-Mann

Aceite as dificuldades: As crianças também têm dificuldades e cabe aos pais dizerem que entendem, além de estimular a busca de outras formas para realizar algo.

Destaque os pontos fortes e dê espaço para que peça ajuda: As crianças gostam de ajudar. Dar essa oportunidade vai ajudar a levantar sua autoestima. Reconheça os pontos em que ela tem facilidade e tente estimular ela para que perceba esses pontos também.
Sem uma boa autoestima, a criança e também o adolescente podem se tornar mais tímidos, introspectivos na tentativa de esconder essa autoestima rebaixada. Dificuldade de relacionamento, tanto de amizade quanto amorosos, distúrbios alimentares, problemas com álcool, drogas ou dinheiro são alguns problemas que podem surgir quando há essa baixa autoestima.

Procure se expressar de forma positiva e tente passar o exemplo, também acreditando ser capaz de ser esse exemplo. É importante para os filhos que os pais façam o que ensinam.

Dicas do Dr. Joseph para aumentar a autoestima da criança e do adolescente:
Diga o quanto seu filho é importante para você. Diga o quanto ama. Deixe ele sentir o quanto é amado.
Respeite os sonhos do seu filho. Se o seu filho disser que deseja ser piloto de avião hoje, aceite de forma gentil e sincera esse desejo futuro.
Encoraje a criança e dê ênfase nos pontos fortes dela. Fazendo isso você estará reforçando positivamente as suas qualidades, em vez de focar em características que ela tem mais dificuldade.
Faça a criança entender que você sempre estará com ela dando todo o suporte. Que ela pode contar com você.
Ensine-a a respeitar os outros da mesma forma que ela deve ser respeitada.
Converse com a criança, ouça o que ela tem a dizer e preste atenção de verdade.
Faça seu filho entender que não existe perfeccionismo. Que erros e acertos fazem parte da vida e que ele saberá lidar com eles.
Incentive seu filho a usar a criatividade, imaginação e a experimentar coisas novas. Mesmo que sempre queiramos proteger nossos filhos, é importante que eles não sintam medo de novos desafios.

Essencial mesmo na construção da autoestima da criança é o amor e o carinho daqueles que convivem com ela. Dê isso ao seu filho!

2015 © Copyright - Joseph El-Mann. Todos Direitos Reservados.